Mês da Diversidade movimenta Espaços Culturais da SecultBA


Em maio, mês em que se comemora o dia internacional de Combate a Homofobia, os espaços culturais da SecultBA recebem mostras,mesas redondas, espetáculos e apresentações sobre a temática

card_diversidade

Maio é mês de militância, brilho e, acima de tudo, de luta contra o preconceito e reflexão sobre a conquista de direitos pela diversidade. Com o objetivo de promover uma programação que contemple as celebrações do dia 17 – Dia Internacional de Combate a Homofobia –, os Espaços Culturais da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) apresentam um mês inteiro de atividades como parte da campanha Mês da Diversidade #OcupeSeuEspaço, da Diretoria de Espaços Culturais (DEC), da SecultBA. São atrações teatrais, performances e sessões de cinema que evidenciam a temática da diversidade.

Para começar, o Circuito Popular de Cinema e Vídeo (CPCV), exibe todas as terças-feiras do mês, a partir do dia 12 de maio, o filme Elvis e Madona (2010) no Espaço Cultural Alagados, Cine Teatro Solar Boa Vista, Centro de Cultura João Gilberto, Centro Cultural Plataforma, Centro de Cultura ACM, Casa da Música, Centro de Cultura de Porto Seguro, Centro de Cultura Olívia Barradas e o Cine Teatro Lauro de Freitas. O longa-metragem, dirigido por Marcelo Laffitte, conta a história de um casal formado por uma lésbica e uma travesti, interpretados por Simone SpoladoreIgor Cotrim. No elenco, nomes como Buza FerrazMaitê ProençaJosé Wilker e outros. A entrada é franca e as a sessões ocorrem às 9h, 15h e 19h. Para mais informações, consulte o espaço exibidor. Continuar lendo

Jam no João estreia 2ª temporada com novidades


Panor.Jam10.04.15

A esperada 2ª temporada do projeto Jam no João estreou em março e segue conquistando o público a cada semana. A informalidade dos músicos e do público transformam as noites de quinta-feira do Centro de Cultura João Gilberto num momento leve e descontraído, perfeito para quebrar a rotina cansativa da semana. Como na 1ª temporada, além da banda base do Jam no João, formada por sete músicos locais, as atividades são sempre abertas para participação de outros artistas que desejam compartilhar seu trabalho.

O projeto tem servido também como ponto de encontro dos músicos da região, que comparecem e acabam sempre trazendo mais um. Muitos não conseguem sair de lá sem dá uma “palhinha”, como é o caso do pianista petrolinense Ítalo Neno, que esteve presente na jam da última semana. Ítalo mora atualmente em Aracajú e ficou muito feliz em voltar à terra e poder participar do projeto. “Fico feliz em encontrar uma iniciativa tão bacana de música instrumental que fomenta a cultura na cidade. Viva a música instrumental brasileira e parabéns a todos os envolvidos”, disse Ítalo. Continuar lendo

Centro Cultural João Gilberto, em Juazeiro, recebe curso de Gestão de Empreendimentos e Projetos Criativos


As atividades acontecem durante os meses de março e abril, com o objetivo de promover capacitação sistemática para que empreendedores e profissionais atuem como dirigentes, empresários ou técnicos qualificados

 

O escritório Bahia Criativa – fruto de um convênio firmado entre o Ministério da Cultura e o Governo do Estado da Bahia, e gerido pela Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA) -, em parceira com da Diretoria de Espaços Culturais da SecultBA, oferece a formação estruturante em “Gestão de Empreendimentos e Projetos Criativos”, o primeiro módulo acontece entre os dias 19 a 21 de março, 01, 02, 29 e 30 de abril. Voltado para produtores, proponentes de projetos culturais, coordenadores executivos e/ou gestores de empreendimentos criativos, o curso é gratuito e acontece no Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro.

Em formato avançado, dividido em quatro módulos, o curso terá carga horária de 92 horas. A composição dos módulos também inclui aulas expositivas, oficinas, palestras, painéis, visita guiada e orientação de projetos. O objetivo é promover a capacitação sistemática para que empreendedores e profissionais possam atuar como dirigentes, empresários ou técnicos qualificados. Continuar lendo

2ª temporada do Jam no João inicia nesta quinta-feira (5)


Foto: Produção Jam no João

Foto: Produção Jam no João

O projeto Jam no João, que entre abril e outubro de 2014 promoveu 25 apresentações de música instrumental, está de volta a partir desta quinta-feira (5/03). A 2ª temporada do projeto permanece com o foco de oferecer música instrumental de qualidade, com o formato característico das jam sessions que acontecem pelo país afora: a improvisação. A estreia da 2ª temporada será nesta quinta-feira (5/03), no Centro de Cultura João Gilberto, das 19h às 20h30, sempre com entrada gratuita e seguirá por todas as quintas-feiras nos próximos seis meses.

Como na 1ª temporada, além da banda base do Jam no João, formada por músicos locais, as atividades serão abertas para participação de outros artistas que desejam compartilhar seu trabalho. A 2ª temporada será liderada por sete músicos: Celso de Carvalho (flauta), Fernando Nunes (bateria), Edésio César (guitarra), Elianderson Coelho (baixo), Robertson Ferraz (sax e flautas), Soneca Martins (teclados), Wagner Miranda (percussão).

Com a produção musical de Cristiano Lima e executiva de Celso de Carvalho, o Jam no João tem o apoio financeiro do Governo da Bahia, Secult e Fundação Cultural do Estado da Bahia, através do Edital Dinamização de Espaços Culturais 2014. “Terminamos a primeira temporada muito empolgados porque o projeto realmente conquistou o público local. Para 2015, estamos planejando uma renovação constante do repertório e também tocar algumas vezes fora do CCJG, em praças ou escolas e quem sabe em 2016 levar o projeto para algum local de Petrolina”, contou o produtor executivo do projeto.

Continuar lendo

25 anos do Centro de Cultura João Gilberto


Cartaz dos 25 anos do Centro de Cultura João GilbertoO Centro de Cultura João Gilberto completa 25 anos nesse mês de novembro. E para comemorar, preparou uma programação especial – do dia 6 ao dia 25 de novembro – com espetáculos teatrais para adultos e crianças, apresentações musicais, sarau, oficinas e bate-papo com a participação dos Secretários Municipais de Cultura do Território e artistas.  Destaque na programação para a exibição do documentário sobre os 25 anos do Centro de Cultura João Gilberto, no dia 9 de novembro, seguido de show comemorativo. Confira a programação no webflyer ao lado.

Quarta que Dança promove apresentações em diversos espaços


Quartas que Dança 2011 ano 13

Quartas que Dança 2011 ano 13

Todas as quartas-feiras, de 14 de setembro a 14 de dezembro, o Quarta que Dança promove apresentações, de um total de 15 trabalhados selecionados através do edital Quarta que Dança 2011, da FUNCEB/SecultBA, em espaços da capital – Espaço Xisto Bahia, Centro Cultural Plataforma, Cine-Teatro Solar Boa Vista, Sala do Coro do TCA, ruas, praças e praias da cidade – e nos centros de cultura João Gilberto (Juazeiro) e Lindinalva Cabral (Paulo Afonso). Os ingressos, para apresentações nos palcos, têm valor de R$ 2 (inteira) e dispõe de acesso gratuito quando em espaços públicos. Confira a programação completa.

Flickr de Espaços Culturais


A partir de hoje, a Diretoria de Espaços Culturais passa a contar com uma importante ferramenta na divulgação dos espetáculos que acontecem ao longo do ano nos seus espaços. Trata-se do Flickr, um site da web que permite hospedagem e compartilhamento de imagens fotográficas, caracterizado também como uma rede social.

Através do Flickr, o usuário pode postar suas fotos e dividí-las em uma série de álbuns, separadados por temas que lhe forem convenientes. Além disso, por ter a característica de rede social, o site permite uma interação entre os usuários.

Para acessar o nosso Flickr basta clicar no link abaixo:

http://www.flickr.com/photos/46141284@N05/

FUNCEB disponibiliza pautas gratuitas para apresentações de teatro, circo e dança nos Espaços Culturais


BTCA NO CENTRO CULTURAL PLATAFORMA

Em comemoração ao Dia Mundial do Teatro e Nacional do Circo, no mês de março, e ao Dia Internacional da Dança, no mês de Abril, a Fundação Cultural do Estado da Bahia – FUNCEB – disponibilizará pautas gratuitas nos espaços culturais da capital e do interior para apresentações de espetáculos teatrais, circenses e de dança.

O Marco do Teatro e do Circo e o Mês da Dança são eventos apoiados pela FUNCEB, através da Diretoria de Espaços Culturais, que acontecem anualmente. Em 2009, foram apoiadas com cessão de pauta 78 atividades teatrais e circenses e 45 atividades relacionadas à dança, levando um público de mais de 20 mil pessoas aos centros de cultura espalhados pelo estado.

Para efetuar a inscrição, o proponente deverá entrar em contato com a coordenação do espaço cultural que deseje realizar o espetáculo, portando ofício com proposta da atividade em questão e datas pretendidas, release, fotos, clipping (se houver) e ficha técnica. Os ingressos para os espetáculos não devem ultrapassar o valor de R$ 10,00.

As inscrições para os espetáculos de teatro e circo serão realizadas até o dia 28 de janeiro de 2010. Já para os espetáculos de dança, as inscrições vão até o dia 22 de fevereiro.

Retrospectiva 2009


Durante todo o ano de 2009, os 18 espaços da FUNCEB foram palcos de diversos espetáculos culturais. Na capital e no interior, o público teve a oportunidade de acompanhar apresentações de dança, teatro, música, exibições de filmes ,dentre muitos outros eventos.

Para refrescar a memória, faremos uma retrospectiva do que de mais importante aconteceu ao longo desses 12 meses nos espaços culturais da capital e do interior.

Nos dois primeiros meses do ano, o Espaço Xisto, em parceria com artistas da cidade, ofereceu nove oficinas ao público infanto-juvenil, no projeto intitulado Oficinas de Verão do Xisto. Em meados do ano, o Xisto voltou a oferecer oficinas de teatro destinadas ao público infantil, desta vez com o projeto Circuito de Teatro Infantil, no qual foi destacado o importante papel que o teatro exerce na educação dos jovens.

Março é o mês do Dia mundial do Teatro e Nacional do circo. Para comemorar, a FUNCEB, através Diretoria de Espaços Culturais, apoiou 78 atividades, entre espetáculos, festivais, mostras, oficinas e workshops, ensaios e leituras dramáticas, que aconteceram em doze espaços culturais: Espaço Xisto, Cine-Teatro Solar Boa Vista, Centro Cultural de Plataforma, Valença, Conquista, Itabuna, Jequié, Guanambi, Porto Seguro, Alagoinhas, Santo Amaro e Lauro de Freitas. Ao todo, 15260 pessoas passaram pelos espaços.

No interior do estado, um dos destaques desse ano ficou por conta do Festival de Arte e Cultura de Mutuípe, que ocorreu no mês de abril. Na Casa de Cultura de Mutuípe e na Praça Obelisco, um público estimado em 1000 pessoas acompanhou a 26 atividades culturais, como recitais de poesias, apresentações de capoeira, rodas de samba, dentre outras. Em Feira de Santana, aconteceu o Fórum de Gestão Permanente do Centro de Cultura Amélio Amorim / Feira de Santana. O Fórum reuniu artistas e gestores culturais com o intuito de discutirem alternativas para ocupação e dinamização do espaço.

O “Plataforma de Talentos” agitou o subúrbio ferroviário de Salvador. O projeto, que acontece no Centro Cultural de Plataforma e tem como objetivo dar espaço aos grupos culturais da região e aproximá-los da comunidade, é realizado na última quarta-feira de cada mês. Ainda no CCP, em comemoração ao aniversário de abertura do espaço, no mês de junho, foi realizada mais uma edição do projeto “Caldeirão Cultural”, que conta com apresentações artísticas de grupos locais, exibições de filmes, exposições e oficinas. Durante todo mês, 2717 pessoas assistiram a 29 apresentações.

O Cine-Teatro Solar Boa Vista completou, em julho deste ano, o seu 25º aniversário, e em agosto promoveu mais uma edição do FEAP – Feira Engenho das Artes Populares. O evento, que acontece desde 2007, visa fortalecer a cultura produzida no entorno do Solar e potencializar o diálogo entre esses artistas e os de outras localidades. Entre as atividades, foram realizadas intervenções artísticas no Parque Solar Boa Vista, além de uma feira de economia solidária. Em setembro, a aniversariante da vez foi a Casa da Música. A exposição Fragmentos da Música Brasileira, que reuniu seis décadas de música contadas através de obras de artistas dos mais variados segmentos (ilustração, pintura digital, grafitti, fotografia e outras linguagens), comemorou os 16 anos do Espaço.

Este foi um ano de conquistas para o Espaço Cultural Alagados. O local passou por um processo de requalificação física, recebendo intervenções em sua estrutura, através da recuperação de arquibancadas, confecção de vestimentas, palco móvel e compra de ventiladores. Além disso, o espaço recebeu uma programação diversificada durante o ano, com exibições de cinema, teatro e dança. Com tantas novidades, a comunidade de Alagados não fez cerimônia e se fez presente em grande público para prestigiar cada apresentação.

No mês de Novembro, 16 espaços da FUNCEB, 13 do interior e 3 da capital, exibiram pela primeira vez os filmes da mostra competitiva do Festival Nacional 5 Minutos. Além de assistir aos filmes durante os cinco dias de exibição, o público teve a oportunidade de votar em seu favorito no encerramento da programação.